O câncer de cabeça e pescoço consiste em um grupo de tumores que atingem o trato aero e digestório superior. Atualmente, é o sétimo tipo de câncer mais comum no mundo. Contudo, apesar de não estar entre os mais frequentes, os números são alarmantes. Anualmente, são mais de 1,1 milhão de casos novos e 500 mil mortes.

No Brasil, a situação é semelhante. O câncer de cabeça e pescoço é o segundo mais frequente entre os homens e o quinto mais comum em mulheres. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), para 2022 são esperados mais de 36.620 novos casos deste tipo de câncer, sendo 19.480 na população masculina e 17.140 na população feminina.

Vários aspectos de risco estão associados à doença, tais como: fatores genéticos, certos tipos de refluxos do estômago para o esôfago e em direção à boca, bem como a poluição. No entanto, as principais causas ainda são o tabagismo, o uso excessivo de álcool e infecções por papiloma vírus humano, o HPV. Mesmo com os avanços no diagnóstico e tratamento, essa doença ainda permanece como um desafio na prática clínica e requer uma abordagem multidisciplinar, com cirurgia, radioterapia e quimioterapia sistêmica no tratamento.

Letícia Braga, Gerente de Pesquisa Translacional do Instituto Mário Penna – Ensino, Pesquisa e Inovação, ressalta que novas descobertas mundiais a respeito dos “biomarcadores diagnósticos”, termo que se refere à mensuração da severidade ou da presença de algum estado de doença particular no organismo, poderão ser úteis na triagem de casos da doença. A pesquisadora aponta que os indicadores biológicos para monitoramentos podem auxiliar em uma rápida detecção do câncer. A técnica pode conduzir a um tratamento personalizado e diferenciado, principalmente em casos mais difíceis da confirmação, presença ou recorrência do câncer como, por exemplo, após uma radioterapia adjuvante – administrada depois de uma cirurgia definitiva ou, mais raramente, depois da quimioterapia potencialmente curativa.

O Centro Nacional de Informações sobre Biotecnologia Avança dos Estados Unidos (National Library of Medicine) destaca ainda o uso de métodos não invasivos no diagnóstico de câncer de cabeça e pescoço. Para Letícia Braga esses estudos apontam a existência de alguns métodos simples, mas bastante eficientes, como a análise do ar expirado, (ainda em fase de validação e avaliação clínica). Além disso, a biópsia líquida tem sido muito discutida como uma oportunidade promissora para o cuidado dos pacientes. “A descoberta de alterações no sangue pode ter um potencial papel preditivo e prognóstico ao revelar tumores mais precocemente e ajudar no monitoramento da resposta à terapia ou da doença residual pós-tratamento”.

No Instituto Mário Penna, além de uma equipe médica e multidisciplinar envolvida no cuidado com câncer de cabeça e pescoço, os pacientes contam ainda com um time de pesquisadores e parceiros que estudam, nos últimos dois anos, diversos mecanismos envolvidos na dor ocasionada pela doença.

Dentre os hospitais de Belo Horizonte, o Mário Penna concentrou entre outubro 2020 a setembro de 2021, 39% de todas as cirurgias de cabeça e pescoço do SUS. Portanto, é o maior em volume de cirurgias desse tipo na capital mineira. A instituição realizou a maior quantidade de procedimentos de radioterapia de cabeça e pescoço – cerca de 20% realizados em Belo Horizonte são do Hospital Luxemburgo, entre outubro 2020 a setembro 2021. Em dados gerais do ano de 2021, são 1.220 procedimentos cirúrgicos de cabeça e pescoço, 4.832 consultas ambulatoriais; sendo 837 pacientes cirúrgicos e 393 pacientes de radioterapia.

Segundo o importante jornal médico “The Lancet”, a idade média do diagnóstico de câncer de cabeça e pescoço vem reduzindo para pessoas com 60 anos ou mais e crescendo entre pessoas abaixo de 45 anos. Com as opções terapêuticas limitadas em tumores avançadas e recorrentes, bem como com a falta ainda de métodos de triagem eficientes, o diagnóstico precoce do câncer de cabeça e pescoço continua a ser um fator crucial na determinação da terapêutica a ser indicada ao paciente. Se você tem inchaço ou ferida na cabeça e no pescoço que não cicatriza, nódulos na boca e no pescoço ou rouquidão persistente, procure seu médico.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos <abbr title="Linguagem de marcação de hipertexto">HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> </abbr>

*

Olá, como podemos ajudar?

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.