Projeto Reintegrar: alunos da Escola Municipal Mestre Paranhos fazem primeira colheita na horta da instituição

Mais uma ação do Projeto Reintegrar aconteceu na última segunda-feira, dia 8 de agosto. Uma turma de crianças, com idades entre 6 e 10 anos, da Escola Municipal Mestre Paranhos realizaram a colheita de alface que elas plantaram há 2 meses na horta construída nas dependências da instituição. Este é um projeto pensado na importância de despertar uma conscientização acerca de temas como saúde e sustentabilidade nas crianças desde cedo. “O Projeto Reintegrar é muito importante para o Instituto Mário Penna, pois traz uma visão sustentável economicamente e ambientalmente. No lote que fica à frente da instituição é possível reutilizar os resíduos gerados, transformando-os em adubo e, a partir disso, gerar uma produção de alta qualidade e um produto inteiramente orgânico para os nossos pacientes e para parceiros que queiram usar o espaço”; explica Viviane Pereira de Matos, Analista da Gestão Ambiental do Mário Penna.

A ação foi acompanhada pela responsável do programa da Escola Integrada, Márcia Cordeiro Mendes, que explicou os benefícios do convite feito pela Viviane para realizar o plantio e participar de todo processo de regar e colher os alimentos. “Acredito que o maior ganho na vida dessas 150 crianças é proporcionar a elas não só a oportunidade de desenvolverem uma alimentação saudável, mas o contato real com a produção destes alimentos. Eles podem trazer a sementinha, plantar, cuidar e fazer a retirada e isso é poderoso.”

Em parceria com o setor do Meio Ambiente no Instituto, Viviane Pereira de Matos explica que o projeto foi construído em parceria com as escolas próximas ao Hospital. “As crianças estão colhendo o seu próprio trabalho e, além da alimentação, elas estão aprendendo a importância da preservação ambiental. Dessa forma, evitamos acúmulo de resíduos e sujeira em nosso espaço.”

Além de todos estes benefícios na vida de crianças e jovens, o Projeto Reintegrar serve também para trazer frescor e alívio na rotina dos colaboradores, onde eles podem realizar atividades de educação ambiental diariamente no local. Para o futuro, já existem projeções de incluí-lo na rotina dos pacientes, que muitas vezes vem de longe para realizar consultas e tratamentos. O objetivo é ensinar princípios importantes na vida deles e, ao mesmo tempo, amenizar o sofrimento da doença.

Instituto Mário Penna promove ações em homenagem ao Dia Internacional da Reciclagem com o objetivo de despertar a consciência da importância da compostagem

O Instituto Mário Penna desenvolveu uma série de ações ao longo da semana em homenagem ao Dia Internacional da Reciclagem. O objetivo das ações foi explicar aos colaboradores sobre a compostagem, que é o processo da reciclagem nos produtos orgânicos, os seus benefícios e, além disso, informar a retomada do Projeto Reintegrar, em parceria com a Gestão Ambiental e o setor de Humanização.

A intenção do Projeto é destinar os resíduos orgânicos gerados pelo Serviço de Nutrição Dietética do Instituto para o lote que fica à frente da instituição, onde os resíduos descartados de forma correta após o processo de compostagem serão transformados em adubo orgânico para produzir alimentos que irão retornar ao setor de Nutrição, fechando o ciclo. “A retomada do Projeto Integrar trará benefícios incontáveis aos pacientes, desde alimentação saudável até o plantio como um recurso terapêutico. A maioria dos nossos pacientes vêm da zona rural, então eles sentem falta do contato com a terra. A ideia é resgatar suas origens, fazendo o que eles amam e, ao mesmo tempo, colaborar com o bem-estar para o tratamento”, explica Gizelle Mesquita, Coordenadora do Setor de Humanização e Psicologia Hospitalar.

O bate-papo com a Analista de Gestão Ambiental Viviane Matos também chegou na Casa de Apoio Beatriz Ferraz, onde os colaboradores puderam participar e entender melhor o assunto. “Quando comecei a trabalhar aqui, vi o jardim murcho. É gratificante ver que uma plantinha que poderia estar no lixo, está ali sendo cuidada e sendo importante para os pacientes”, afirma Claudinéia Lima, Auxiliar de Hospitalidade.

As iniciativas são de extrema importância para o Instituto, pois os resíduos orgânicos compõem metade dos resíduos gerados na capital, ou seja, se eles são destinados de forma correta, o volume de material que deixará de ir para os aterros sanitários é grande. Dessa forma, os benefícios são vistos não só na rotina dos pacientes e colaboradores, mas impactam diretamente o bom funcionamento da cidade.

Gestão de Meio Ambiente IMP recebe prêmios e Menção Honrosa

O Hospital Luxemburgo recebeu uma menção honrosa do “Prêmio Amigo do Meio Ambiente 2020”. O prêmio, criado pela Secretária de Saúde do Estado de São Paulo, com o apoio técnico do Centro de Vigilância Sanitária, é destinado a instituições de saúde que desenvolvem projetos ambientais no âmbito do Serviço Único de Saúde (SUS), enfatiza o esforço do Mário Penna em manter boas práticas no setor da saúde e proteção da saúde pública e ambiental.

A partir de dois projetos, o Mário Penna foi reconhecido pelo seu esforço. O primeiro foi o “Projeto Reintegrar”, patrocinado pela Associação de Voluntárias da Associação Mário Penna (VOLMAPE), que tem a produção de alimentos orgânicos que são fornecidos aos aos pacientes como salsinha, cebolinha, alface, milho, tomate, abóbora, dentre outros.

Para auxiliar no desenvolvimento desse projeto foi criada uma conscientização da comunidade no entorno, através do envolvimento dos alunos das escolas e o comércio local.

“O Projeto Reintegrar é muito importante para o Instituto Mário Penna, pois traz uma visão sustentável economicamente e ambientalmente. No lote que fica à frente da instituição é possível reutilizar os resíduos gerados, transformando-os em adubo e, a partir disso, gerar uma produção de alta qualidade e um produto inteiramente orgânico para os nossos pacientes”; explica João Augusto Viana Ferreira, responsável técnico pelo setor Meio Ambiente.

O segundo projeto realizado tem a intenção de reduzir os acidentes com perfurocortantes. Para isso, foi criado um indicador visual setorial com intuito de motivar o colaborador a realizar o descarte correto, acompanhar o processo de descarte em toda a instituição, contribuir para a questão socioambiental e oferecer um ambiente ainda mais seguro para pacientes e acompanhantes.

Devida à boa adesão dos colaboradores e a redução dos acidentes em 50%, a campanha se tornou um processo permanente no Hospital Luxemburgo, com a orientação e auxílio do setor de Gestão Ambiental para a adequação dos processos e identificação das condições de risco identificadas nas áreas, a fim de erradicar o número de acidentes nos próximos anos.

Com esses e outros projetos, o Mário Penna se esforça cada vez mais para entregar um serviço seguro, sustentável e de excelência aos seus pacientes e colaboradores.

Olá, como podemos ajudar?

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.