fbpx

“Música no Hospital” em ritmo de carnaval emociona pacientes

Esse ano o Carnaval vai ser diferente. Não vai ter os dias de folia com blocos e festas com os amigos. Mas o clima de esperança já está no ar para que, em breve, isso tudo volte a acontecer com segurança, saúde e muita alegria. Para matar um pouquinho da saudade, o projeto “Música no Hospital” desse mês foi em ritmo de carnaval, com samba, marchinhas e muita animação. O tema foi “Máscara para proteção, não para folião”.

A música foi comandada por Rayane Baldrini, Augusto Cordeiro e Ney Correa e a equipe de Humanização distribuiu kits com máscaras de proteção. O “Música no Hospital” é idealizado pelo Instituto Mário Penna e ECA – Espaço de Cultura e Arte. A proposta é contribuir na recuperação dos pacientes e na humanização do ambiente hospitalar. O projeto é destinado para aqueles que estão internados, seus familiares, visitantes e todos os colaboradores do hospital.

“Estou aguardando para fazer um exame e me deparei com essa música linda. É um alento para a alma nesse momento tão difícil que estou enfrentando. Esse som surgiu no momento certo porque estava precisando me distrair. Eu amo samba, cresci escutando isso. É emocionante porque no meio de tanta dor, é possível sentir que ainda existe muita alegria e amor. E isso me dá força; conta emocionada a paciente Anna Paula Sad Simões.

Para atender ao protocolo de segurança referente à Covid-19, os músicos e a equipe envolvida no projeto usaram máscaras e mantiveram o distanciamento recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Além disso, a apresentação aconteceu em área externa.

Colaboradores do Instituto Mário Penna começam a receber a vacina da Covid-19

Os colaboradores do Instituto Mário Penna começaram a ser vacinados nesta quinta-feira, dia 21 de janeiro. Seguindo as orientações da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte, nessa primeira etapa, a prioridade de imunização será para os profissionais que atuam diretamente no atendimento à Covid-19 e para aqueles que apresentam alguma comorbidade.

Antônio Carlos Vieira, Técnico de Enfermagem do CTI, foi o primeiro colaborador a ser vacinado. “Vivemos momentos difíceis e somos desafiados por esse vírus a todo momento quando tratamos do paciente. Hoje é um dia muito importante e estou emocionado. Poder tomar a vacina é motivo de orgulho, do início de uma vitória. Agora a espera é pelo momento de ver toda a população imunizada”.

Para comemorar esse marco, a primeira aplicação da vacina foi acompanhada pela presidência e diretoria do Instituto Mário Penna, representada por Marco Antônio Viana Leite, Diretor-Presidente; Rodrigo Vieira, Diretor Assistencial Hospitalar; Reni Moreira, Diretora Técnica e Alessandra Fantaguzzi, Gerente de Enfermagem.

“É um momento muito importante para nós. Poder vacinar toda essa turma que atuou bravamente para cuidar e salvar pacientes que encararam o coronavírus é indescritível. A hora é de agradecimento”; ressalta Marco Antônio Viana Leite.

 

Heróis Mário Penna – Nicole Almeida

Os pacientes do Instituto Mário Penna nos inspiram todos os dias. São os verdadeiros heróis que encontram força e otimismo para enfrentar um tratamento oncológico. Conheça e comemore com os nossos Heróis cada etapa vencida, cada conquista alcançada.

“Serei uma médica muito mais humana depois de viver na pele a experiência dessa doença. Aqui no Instituto Mário Penna tenho encontrado na equipe de enfermagem e nos médicos muita positividade para superar essa fase”.


Nicolle Mendes de Almeida, 21 anos – Paciente oncológico do Instituto Mário Penna

Heróis Mário Penna – Neyson Silva

Os pacientes do Instituto Mário Penna nos inspiram todos os dias. São os verdadeiros heróis que encontram força e otimismo para enfrentar um tratamento oncológico. Conheça e comemore com os nossos Heróis cada etapa vencida, cada conquista alcançada. “Não é fácil o diagnóstico de leucemia e estive muito ruim. Mas a alegria veio quando consegui essa vaga no Instituto Mário Penna. Agora é ficar bem logo para voltar para minha casa e cuidar da minha filha, da minha família.”

Neyson Rodrigo Barbosa da Silva, 26 anos – morador de Patos de Minas e paciente oncológico do Instituto Mário Penna

Heróis Mário Penna – Adriana Silva

Os pacientes do Instituto Mário Penna nos inspiram todos os dias. São os verdadeiros heróis que encontram força e otimismo para enfrentar um tratamento oncológico. Conheça e comemore com os nossos Heróis cada etapa vencida, cada conquista alcançada. “Enquanto há vida, há esperança. Cada um tem a sua luta e o apoio da minha família, amigos e de toda a equipe do Instituto Mário Penna tem sido muito importante para que eu supere essa fase.”

Adriana dos Santos Silva, 41 anos – mãe de 3 filhos e paciente oncológica do Instituto Mário Penna

Olá, como podemos ajudar?