Mês de setembro marca também a campanha de prevenção ao câncer de intestino

Representado pelo laço verde, o mês de setembro marca a Campanha de Prevenção ao Câncer de Intestino, também conhecido como câncer de cólon e reto ou colorretal. Essa doença abrange todos os tumores no intestino grosso, reto (imediatamente antes do ânus) e ânus, e é o segundo tipo de câncer de maior incidência em homens e mulheres no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA).

O câncer de intestino é tratável por meio cirurgia, podendo posteriormente precisar de quimioterapia e radioterapia. Vele ressaltar que ele é curável quando diagnosticado no início. Os principais fatores de risco para o aparecimento deste tumor são idade igual ou maior que 50 anos, excesso de peso corporal, alimentação pobre em fibras e rica em carnes processadas, como a salsicha, a mortadela, o presunto e o salame, por exemplo, e a ingestão excessiva de carne vermelha, acima de 500 gramas de carne cozida por semana.

Os sinais e os sintomas mais comuns que podem indicar essa doença são: sangue nas fezes, dor abdominal, perda de peso, anemia e alteração do hábito intestinal, alternando períodos de diarreia e prisão de ventre. Como essas alterações podem indicar outras doenças além do câncer de intestino, é muito importante que elas sejam investigadas por um médico, principalmente quando duram mais de uma semana.

Fique ligado! Esse tema também será abordado no Mário Penna Conecta do dia 22 de setembro com a Dra. Alice Capobiango.

  • Texto escrito pela equipe de Educação Continuada

Agosto é o mês de combate ao Linfoma

Agosto é o mês de Combate ao Linfoma e muitas pessoas sabem pouco ou quase nada sobre o assunto. Por isso, o Instituto Mário Penna apoia a campanha e contribui para os esclarecimentos da doença em seus meios de comunicação. Os linfomas são cânceres que têm origem no sistema linfático, uma rede de vasos e gânglios do nosso corpo encarregado de armazenar as células de defesa do organismo.

Pedro Las Casas, médico hematologista do Instituto Mário Penna, explica que a doença surge quando os linfócitos sofrem uma mutação e passam a se multiplicar de forma descontrolada, principalmente dentro dos gânglios, fazendo com que eles aumentem de tamanho. Ele ressalta que é possível ainda que essa proliferação ocorra em outros órgãos não relacionados ao sistema linfático como pele, pulmão e sistema nervoso.

“Os linfomas são divididos em dois tipos: o de Hodgkin e os não-Hodgkin. Dentro desses dois grupos é possível ainda dividi-los em diversos subtipos, cada um com características clínicas e tratamentos completamente diferentes. Mas apenas através da biópsia das lesões é possível diferenciá-los”; conta Dr. Pedro.

Em geral, os principais sintomas dos linfomas são gânglios palpáveis e endurecidos no pescoço e axilas, geralmente indolores e de crescimento progressivo. Existem, no entanto, outras doenças que podem levar ao aumento dos gânglios, como infecções. Por isso é fundamental   procurar um médico para diagnóstico diferencial caso os gânglios estejam aumentando progressivamente, sejam persistentes ou se forem acompanhados por outros sintomas como cansaço persistente, febre diária, suor intenso à noite e perda de peso.

O especialista alerta ainda que para o diagnóstico são necessários exames específicos, como a biópsia do gânglio ou órgão suspeito de acometimento, exames de sangue e o PET, um tipo de tomografia que ajuda a identificar a localização das lesões.

Dr. Pedro explica que o tratamento de linfomas varia de acordo com o paciente, com o tipo de linfoma e o grau da doença. Ela ressalta que os tratamentos são realizados através de quimioterapia, imunoterapia e radioterapia. “Infelizmente não existe uma forma de prevenção. Quando descoberto em fase inicial, as chances de cura ou controle são altas. Por isso, é importante procurar sempre um médico quando os sintomas são notados”.

Olá, como podemos ajudar?

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.