Visita ao Senado garante investimentos para o Instituto Mário Penna

Visita ao Senado garante investimentos para o Instituto Mário Penna

 O Instituto Mário Penna tem muito orgulho de seus parceiros e, como Instituição Filantrópica estabelece cooperação fundamental com o Poder Público para oferecer o melhor tratamento aos pacientes e alcançar melhorias estruturais e tecnológicas.
Ontem em Brasília, o Diretor Presidente do Instituto Mário Penna, Marco Antônio Viana Leite recebeu a confirmação de investimentos via emendas parlamentares. O valor de R$4 milhões foi confirmado em visita ao Presidente do Congresso, Senador Rodrigo Pacheco e pelo Senador Alexandre da Silveira.
Em conversa com os parlamentares, o gestor apresentou o plano estratégico de recuperação que está sendo executado desde que assumiu a entidade em 2019, vencendo grandes desafios e superações nesta trajetória. A atuação tem sido fortemente embasada nos objetivos estratégicos institucionais vigentes que estão focados na recuperação assistencial e econômico-financeira, no aumento da produção e da receita hospitalar e nas renegociações de débitos em aberto – bancários e com fornecedores.
Os senadores demonstraram reconhecimento pela obra Mário Penna, que completou 50 anos em junho de 2021, sendo um verdadeiro patrimônio de Minas e referência em atendimento oncológico no Estado. Prontamente, eles se sensibilizaram com as demandas apresentadas para reformas e investimento em novos equipamentos. “Conte comigo e com o Senador Rodrigo Pacheco. A verba de custeio está sendo liberada para reforçar o atendimento, principalmente dos usuários SUS em todo estado que são atendidos no Mário Penna”, afirmou o Senador Alexandre da Silveira, prometendo retribuir a visita em breve, para acompanhar de perto a aplicação dos recursos.

câncer de cabeça e pescoço

NEP realiza pesquisas relacionadas ao câncer de cabeça e pescoço

O Dia Mundial de Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço é celebrado no dia 27 de julho. Um dos principais problemas para o tratamento deste tipo de câncer é o diagnóstico tardio, que ocorre em 60% dos casos, deixando sequelas no paciente.
Todos nós queremos evitar o câncer, mas nem sempre isso é fácil. Por outro lado, no câncer de cabeça e pescoço conseguimos prevenir a doença simplesmente evitando a exposição aos fatores que estão relacionados ao aparecimento da doença. Existem fatores de risco bem conhecidos, que podem ser facilmente evitados. O primeiro fator: o excesso de exposição à luz solar. O segundo fator: cigarro e álcool e a situação é pior quando a pessoa tem o hábito de consumir grandes quantidades de álcool e fuma muito. O terceiro fator: Vírus HPV, o mesmo que está relacionado ao aparecimento do câncer de colo de útero, na mulher.

câncer de cabeça e pescoço

Além da prevenção, o diagnóstico precoce e o rápido início do tratamento são fundamentais para a cura do câncer de cabeça e pescoço, reduzindo o impacto na qualidade de vida dos pacientes. O Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP), através de parceria do Laboratório de Pesquisa Translacional, com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), desenvolve o projeto de pesquisa “Associação entre aspectos clínicos e imunopatológicos à dor orofacial e qualidade de vida em pacientes com carcinoma de células escamosas de mucosa oral”. A pesquisa é realizada pela aluna de mestrado Francine Barros de Oliveira, do Programa de Pós Graduação em Patologia da UFMG, sob orientação da Profa. Dra. Camila Megale Almeida-Leite (Depto de Morfologia/Instituto de Ciências Biológicas/UFMG) e coorientação da Dra. Patricia Rocha Martins.

Também participam da pesquisa como membros da equipe do Instituto Mário Penna (IMP), Dr. Paulo Guilherme de Oliveira Salles, a Dra. Juliana Maria Braga Sclauser e a Dra. Letícia Braga, além da equipe médica do ambulatório de cabeça e pescoço. O projeto visa avaliar em pacientes com câncer de boca que procuram tratamento no IMP, potenciais relações entre as características do câncer, a dor orofacial apresentada pelo paciente e a qualidade de vida.

Segundo Dra. Camila Megale, essa pesquisa é o ponto de partida para estudos mais detalhados sobre o tipo de dor orofacial que os pacientes com câncer de cabeça e pescoço apresentam e como o tipo de câncer pode interferir na dor como sintoma. “No futuro, os resultados obtidos permitirão tratar precocemente a dor do paciente de modo mais específico com base em informações obtidas na biópsia e nas consultas iniciais, o que tornará o alívio da dor orofacial mais efetivo.”

 

 

 

Arraiá Mário Penna tem disputa acirrada e chega ao fim com gostinho de quero mais

Um dos períodos mais gostosos do ano está chegando ao fim e já deixando um gostinho de quero mais. O São João na pandemia foi diferente, sem festas, mas a gente deu um jeitinho de fazer o Arraiá Mário Penna acontecer de forma bem especial e com toda segurança que o momento requer. Cada setor fez a sua decoração e, os quatro que mais se destacaram, foram premiados, sendo: 1º lugar (Serviço de Nutrição e Dietética – SND); 2º lugar (Quimioterapia); 3º lugar (Radioterapia), e 4º lugar (Controladoria).

A dedicação e empenho de todos os setores foram impecáveis, o que deixou a disputa ainda mais acirrada. Teve bandeirinhas, balões, brincadeiras típicas, prendas, espantalho, cidade de papelão, fazendinha, berrante, sanfoneiro, quadrilha e até casamentos. E os pacientes não ficaram de fora. Cada um, do seu jeito, participou da festança. Alguns ajudaram a fazer a decoração enquanto realizavam um tratamento mais demorado, outros foram caracterizados nos leitos, e teve até Rainha da Pipoca e Rei do Amendoim.

As comidas típicas também fizeram sucesso. Como não pode ter alimentos em determinadas áreas do hospital, o momento comilança acontecia nos locais permitidos, mas com a presença de colaborador de tudo quanto é canto. Assim, todo mundo conseguiu participar um pouquinho. Teve de tudo: pipoca, milho verde, cachorro quente, caldos, canjica, pé de moleque, paçoca, pamonha, broa, amendoim, maçã do amor e outras delícias que só de falar da água na boca.

Parabéns a todos os participantes! Vocês, sem exceção e, independente da classificação, deram show de alegria e tornam mais leve um momento tão difícil que estamos enfrentando com a pandemia.

Clique aqui e assista o depoimento dos pacientes que presenciaram essa festa.

Instituto Galo faz doações ao Mário Penna

O Instituto Galo e a Auto Truck realizaram, no dia 9 de julho, a entrega de 450 agasalhos, 1.000 meias e 300 cobertores de casal ao Instituto Mário Penna. A ação faz parte da campanha “Doe Proteção” que objetivou arrecadar as peças de frio para os pacientes da instituição.

Marco Antônio Viana Leite, Presidente do Instituto Mário Penna, recebeu a entrega em uma visita ao instituto do presidente do Clube Atlético Mineiro, Sérgio Coelho, da presidente do Instituto Galo, Maria Alice Melo Coelho, do CEO, Thiago Camargo e do ex-jogador Reinaldo.

Eles conheceram o Memorial Mário Penna, recém-lançado nos 50 anos do Mário Penna, contando a história da instituição pelas paredes do Hospital Luxemburgo. Em seguida, foram para o Espaço Benfeitoria, onde receberam placas em homenagem pela importante parceria.

Foto: Bruno Souza/Atlético

Juntamente com o mascote do time, o Galo Doido, a comitiva circulou pelas instalações do hospital, conversando com colaboradores e pacientes da quimioterapia.

“Essa parceria é extremamente importante para o Mário Penna. Nós recebemos pacientes de todos os cantos de Minas Gerais. E nesse momento tão frio, poder doar roupas quentes para quem vem de tão longe, é maravilhoso. É um conforto, um afago em um momento difícil de tratamento que faz toda a diferença. Eu tenho que agradecer muito ao Atlético Mineiro e ao Instituto Galo pelo apoio que vai nos proporcionar um atendimento mais acolhedor e aquecido aos pacientes”; reforça Marco Antônio Viana Leite.

O Instituto Galo é uma associação sem fins lucrativos, vinculada ao Clube Atlético Mineiro, voltada para a transformação da vida das pessoas por meio do amor pelo Galo.

NEP celebra o Dia Nacional da Ciência e o Dia do Pesquisador

O Dia Nacional da Ciência e o Dia do Pesquisador são comemorados no dia 8 de julho. A data foi criada para destacar a importância da ciência para o desenvolvimento do país, estimular o interesse dos jovens e divulgar o saber científico para a sociedade. O Instituto Mário Penna tem um Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP) composto por uma equipe de pesquisadores que se dedicam exclusivamente para o desenvolvimento de projetos científicos e pesquisa clínica aplicado à oncologia.

O NEP foi fundado em 2015 com o propósito de atuar na investigação e produção de dados de científicos. “Ao longo dos anos, estamos gerando conhecimento e avanços no campo da oncologia, a partir de pesquisas básicas, translacionais e clínicas”; explica Dr. Paulo Guilherme, médico patologista e Diretor do Núcleo de Ensino e Pesquisa.

Na Pesquisa Básica e Translacional, os projetos em desenvolvimento visam identificar marcadores oncológicos capazes de ofertar uma maior qualidade de vida aos pacientes oncológicos, bem como dar suporte às decisões médicas. Os resultados das pesquisas devem permitir uma medicina cada vez mais personalizada para os tratamentos dos pacientes com câncer. Atualmente, dois projetos aprovados pelo Programa Nacional de Atenção Oncológica (Pronon) e dedicados à pesquisa de biomarcadores nos cânceres femininos (câncer do colo uterino, mama e ovário) e à implementação de primeiro banco de tumores do Estado de Minas Gerais estão em andamento. Além disso, estão em desenvolvimento cinco projetos de doutorado e sete de mestrado orientados pelos pesquisadores do NEP, em parceria com a UFMG, UFU, Funed e Fio Cruz.

Na Pesquisa Clínica, atualmente, os pesquisadores do IMP estão trabalhando em três estudos abertos para recrutamento de pacientes /voluntários: o estudo Thor, para tratamento de câncer de bexiga, e os estudos Rigel e Kiniksa, para tratamento de pacientes internados devido às complicações da Covid.

“Nos próximos meses, esperamos abrir mais quatro estudos com foco no tratamento da Covid e outros quatro para oferecer tratamento de câncer de pulmão, colo do útero e bexiga”; ressalta Dr. Paulo Guilherme.

Olá, como podemos ajudar?

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.