R$ 6,3 bilhões por ano. Esse será o impacto previsto para os hospitais filantrópicos que prestam serviços para o Sistema Único de Saúde (SUS) no país, caso o Projeto de Lei 2564/20, conhecido como o PL da Enfermagem, seja aprovado. O texto, que institui o piso salarial para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e parteiras, foi proposto pelo Senado Federal e segue em análise na Câmara dos Deputados. E foi justamente pensando em debater os impactos financeiros da aprovação do justo projeto que hospitais filantrópicos de Belo Horizonte, entidades representativas do setor e sindicatos de classe se reuniram, no último dia 07/04, em um encontro realizado na Santa Casa BH.

Na ocasião, os hospitais reforçaram o apoio ao PL, mas declararam a urgência no financiamento por parte do poder público para cobrir os custos da sua aprovação. Caso isso não aconteça, as instituições correm o risco de fechar as portas.

Roberto Otto Augusto de Lima, provedor da Santa Casa BH faz uma previsão. “Somente aqui no hospital, contamos com 2.602 enfermeiros e técnicos de enfermagem. Fizemos um estudo do impacto na folha de pagamento e a projeção apontou um aumento anual de R$ 105 milhões somente no primeiro ano de vigência da Lei. É um custo que não temos condições de arcar sem que os repasses do Ministério da Saúde sejam revistos”, pontuou.

Durante o encontro, os representantes dos demais hospitais presentes fizeram contribuições no debate e concordaram que é necessário aprovar o PL, mas também os recursos para o seu pagamento, já que a realidade de boa parte das instituições já é de endividamento. Há o risco, inclusive, de várias cidades deixarem de receber assistência, surgindo cenários de colapso piores que o da pandemia de COVID-19.

Crédito: Samuel Ramos / GSCBH

Entidades apoiam a causa A presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de Minas Gerais (Federassantas), Kátia Rocha, reforçou a importância do poder público apoiar as instituições neste momento. “O PL da Enfermagem é um pleito de todos nós, abraçamos essa causa, todavia é preciso que tenhamos um correto financiamento para que os direitos dos trabalhadores sejam efetivamente aplicados. Nossos hospitais filantrópicos não visam lucro ou o benefício de grupos específicos. Ao longo das últimas três décadas, temos buscado uma remuneração justa pelos nossos serviços e é chegado esse momento. Precisamos nos manter de pé, abertos, para atender os nossos cidadãos”, reforçou.

Entre as entidades de classe presentes, o vice-presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Belo Horizonte, Vespasiano, Nova Lima e Sabará (Sindeess) e representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Saúde (CNTS), Joaquim Gomes, ressaltou que a aprovação do PL deve ser uma conquista de todos. “Com esse projeto, ganha todo mundo: profissionais, pacientes, hospitais e toda a sociedade”, complementou.

Ao final do encontro, todos os representantes assinaram uma carta aberta, reivindicando a revisão da destinação de recursos pelo poder público. O documento é destinado às autoridades dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário do Brasil, ao ministro de estado da Saúde e às demais autoridades estaduais e municipais vinculadas ao SUS.

 

Assinaram o documento as seguintes entidades:

● Grupo Santa Casa BH – GSCBH
● Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde
de Belo Horizonte, Vespasiano, Nova Lima e Sabará – Sindeess
● Associação dos Hospitais de Minas Gerais – AHMG
● Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de Minas Gerais
– Federassantas
● Hospital Universitário Ciências Médicas de Minas Gerais – HUCM
● Casa de Caridade Santa Tereza – Santa Casa do Serro
● Hospital Risoleta Tolentino Neves
● Instituto Mário Penna
● Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Minas Gerais – SEEMG
● Fundação Hospitalar São Francisco de Assis
● Fundação Educacional Lucas Machado – FELUMA
● Hospital Sofia Feldman
● Hospital da Baleia
● Serviço Social Autônomo – SSA Contagem

 

Fonte: Santa Casa BH

Olá, como podemos ajudar?

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.