fbpx

Há 29 anos foi sancionada a Lei 8.080/1990, responsável por operacionalizar o atendimento público da saúde no Brasil. O Sistema Único de Saúde (SUS) já constava na Constituição Federal de 1988, que previa a saúde como “direito de todos e dever do Estado”, no entanto, foi a partir da sanção desta lei, que as ações e serviços do sistema em todo território nacional foram organizadas.

Antes do SUS, não existia saúde para todos e a assistência estava restrita a quem tinha emprego formal. Hoje, sete em cada dez brasileiros dependem exclusivamente do sistema púbico de saúde, segundo dados do Ministério da Saúde.

O Instituto Mário Penna é um bom exemplo do significado deste acesso universal gratuito a todos os brasileiros. Somente no primeiro semestre deste ano foram mais de 100 mil atendimentos prestados pelo SUS. O Instituto também é a  Instituição de Saúde com o maior número de procedimentos cirúrgicos oncológicos provenientes do SUS, em Belo Horizonte. Somente de janeiro a junho deste ano foram mais de 1.100 cirurgias oncológicas realizadas pelo Sistema Único de Saúde.

SUS

Reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como o maior sistema gratuito e universal do mundo, sabe-se que para os próximos anos um dos principais desafios do SUS é o de encontrar meios para garantir sua sustentabilidade. Sem reajuste há anos, a tabela do SUS, que precifica o reembolso de procedimentos médicos, não cobre os custos da maioria dos itens nela previstos, e tem colocado as instituições filantrópicas em dificuldades financeiras. “Temos o maior sistema de saúde público e universal do mundo e também o mais complexo. Sabemos das dificuldades, mas acreditamos no SUS. Para a nossa instituição, a nossa principal razão de existir são os pacientes do SUS”, afirmou Rodrigo Vieira, Gerente Geral Hospitalar do Instituto Mário Penna

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar essas tags e atributos <abbr title = "HyperText Markup Language"> HTML </abbr>: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Olá, como podemos ajudar?