A atual Diretoria Executiva do Instituto Mário Penna tem canalizado esforços para o alcance da sustentabilidade e do equilíbrio financeiro por meio da consecução de resultados positivos e da promoção de excelência dos serviços assistenciais. A atuação tem sido fortemente embasada nos objetivos estratégicos institucionais vigentes e desdobrados de recuperação assistencial e econômico-financeira, aumento da produção e da receita hospitalar, e renegociações de débitos em aberto – bancários e referentes a fornecedores.

Assim, é importante destacar a última ação executada com êxito pela atual gestão e formalizada na última semana como materialização dos objetivos traçados. Em parceria com a Caixa Econômica Federal, foi firmada uma segunda renegociação dos débitos da instituição, sendo que uma primeira já havia acontecido em 2020.

Na primeira, conseguiu-se uma redução de taxa de juros mensais de 1,75% para 0,97%, com prazo pré-fixado de 120 meses para pagamento. Desta forma, a prestação mensal passou de, aproximadamente, R$ 826 mil (oitocentos e vinte e seis mil reais) para R$ 564 mil (quatrocentos e noventa mil reais), o que representou uma redução mensal de R$ 262 mil (duzentos e sessenta e dois mil reais) e uma economia global de R$ 31,44 milhões.

Buscando ainda uma maior economia e otimização de resultados econômicos e financeiros, fundamentadas nos pilares de recuperação econômica/assistencial, qualidade, eficiência operacional, recolocação no mercado e satisfação do cliente, uma nova proposta de renegociação foi apresentada à Caixa Econômica Federal.

“O Instituto projetou uma melhoria notória da eficiência operacional, principalmente pelo fato de que a renegociação em pauta irá saudar as dívidas em aberto com os Bancos Santander e Bradesco, e ainda disponibilizar recursos para ajudar na revitalização do Hospital Mário Penna, que deverá se tornar um Centro de Referência Oncológica”; explica Marco Antônio Viana Leite, Diretor-Presidente do Instituo Mário Penna.

A renegociação atual com a Caixa foi formalizada com a permanência do prazo de vigência de 120 (cento e vinte) meses, sem carência, além de mais uma significativa redução da taxa de juros para 0,70% frente à anterior de 0,97%. Também foi firmado o pagamento de prestações mensais de amortização do principal, acrescidos de encargos financeiros na ordem de R$ 829.290,89 (oitocentos e vinte nove mil e duzentos e noventa reais e oitenta e nove centavos), com término previsto para 10 de junho de 2031.

“Reconhecemos e agradecemos o empenho da Caixa Econômica Federal em nos possibilitar fazer essa renegociação, sabidos que esses recursos são fundamentais para manter o tratamento oncológico de excelência na instituição. É preciso considerar ainda os resultados promissores alcançados, cabendo destacar e reiterar o contínuo compromisso com a transparência, a recuperação assistencial e econômico-financeira das unidades hospitalares mantidas pelo IMP, diariamente espelhadas na parceria e nas ações do nosso corpo de gestores e colaboradores”; ressalta Marco Antônio.

Olá, como podemos ajudar?

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.