Os colaboradores do Instituto Mário Penna estão na linha de frente no combate ao coronavírus, trabalhando diariamente para manter o tratamento dos pacientes oncológicos. Pensando nisso, quem trabalha no Hospital Luxemburgo e apresenta algum sintoma gripal, está recebendo um atendimento exclusivo.

Responsável pelas consultas, o médico Thiago Conde, que já trabalha na instituição há algum tempo, explica como funcionam os atendimentos: “Como medida de prevenção ao coronavírus, nós decidimos fazer esse canal de prioridade para os colaboradores. Há uma expectativa de superlotação dos hospitais e queríamos que o acesso para quem trabalha com a gente fosse facilitado, evitando uma sobrecarga no nosso pronto-atendimento e agilizando também o atendimento para eles”.

O médico ainda explica que todo colaborador com sintoma gripal é atendido por ele nas salas 2 e 3 do ambulatório Convênio, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 18h às 21h. Neste caso, é necessário autorização da chefia imediata e os atendimentos não são restritos a casos suspeitos de Covid-19.

Ele também falou sobre a importância da parceria do Instituto Mário Penna com o laboratório Hermes Pardini para a realização de testes de coronavírus para quem trabalha no Instituto. “Esse é outro ponto importante que o Luxemburgo desenvolve para os colaboradores. Essa parceria traz mais agilidade e eficiência para nós e para eles, uma vez que o resultado é divulgado com um prazo menor e, assim, nós conseguimos ter um controle da doença na unidade de saúde”.

 

 

Olá, como podemos ajudar?