fbpx

Há cinco anos, o voluntário Maurício de Castro Silva tem um compromisso certo: levar alegria e amor aos pacientes do Instituto Mário Penna. Quando se aproxima o fim do ano, ele já sabe que a roupa comum do dia a dia vai dar  espaço às botas pretas, ao traje vermelho,  luvas brancas e o ao gorro inconfundível.

 

“Faço com todo o amor esse trabalho filantrópico. É muito gratificante ver nos olhos dos pacientes a satisfação de ter por perto o Papai Noel, de ganhar um abraço e um sorriso. Muitas histórias já me marcaram nestes cinco anos”, contou Maurício.

Papai Noel pode até ser um personagem de desenhos animados e filmes infantis, mas ele é, também, um símbolo de esperança. Foi assim com a paciente Maria Terezinha de Oliveira. Ela estava na recepção quando percebeu a chega do bom velhinho. “Que felicidade ganhar um presente de Natal. Fiquei muito feliz. Era tudo o que eu precisava”, disse.

 

Acompanhada pelas filhas, Maria Lúcia Alves havia acabado de sair do consultório médico quando foi surpreendida pelo Papai Noel. Ganhou um presente especial, confeccionado e doado pelas Voluntárias do Instituto Mário Penna (Volmape).

Do Instituto, o Papai Noel seguiu para a Casa de Apoio Beatriz Ferraz. Tomou café com os hóspedes e se divertiu ao ouvir deles tantas histórias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar essas tags e atributos <abbr title = "HyperText Markup Language"> HTML </abbr>: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Olá, como podemos ajudar?