fbpx

O desejo de retribuir o trabalho feito pela equipe do Instituto Mário Penna, motivou a Epidemiologista Eliane de Freitas Drumond, a doar para a instituição cerca de 100 máscaras do modelo Face Shield, ou escudo facial. “Fiz a doação devido a necessidade de proteção dos profissionais de saúde e da importância do Instituto no atendimento aos pacientes, principalmente os oncológicos”, explicou. Eliane, que trabalha no Registro Hospitalar de Câncer do Hospital Luxemburgo, falou sobre o coronavírus. “É importante ressaltar que a doença pode evoluir com gravidade, mesmo para quem não tem fator de risco conhecido.  E, até o momento, a única forma de evitá-la é por meio das medidas de proteção individual, como lavagem de mãos e uso de máscaras, principalmente, e coletiva, que é o isolamento social”, completou.

Proteção também é a palavra de ordem para o Coren/MG, Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais, que doou 100 máscaras N95 para o Instituto.

O acessório vai ser usados pro profissionais de enfermagem do Hospital Luxemburgo do Pronto Atendimento, da Unidade de Internação e do Centro de Terapia Intensiva. As máscaras  com o dinheiro que os profissionais de enfermagem pagam de anuidade ao Coren.

Olá, como podemos ajudar?