Minas Shopping e Instituto Mário Penna promovem oficina de customização de camisetas em alusão ao Outubro Rosa

No mês dedicado à prevenção do câncer de mama, o Minas Shopping promove uma ação especial para reforçar a importância do diagnóstico precoce da doença. Entre os dias 20 e 23 de outubro, serão realizadas oficinas infantis de customização de camisetas, em parceria com o Instituto Mário Penna, instituição filantrópica que tem 85% dos atendimentos realizados pelo SUS.

A atividade será das 13h às 19h, no Piso 2. Os ingressos, vendidos pelo valor simbólico de R$ 10, podem ser adquiridos pelo Sympla e todo o valor arrecadado será destinado para ajudar no tratamento e prevenção ao câncer de mama de pacientes do Mário Penna.

Na ação, as crianças poderão personalizar camisas brancas que serão estampadas com o slogan da campanha “Influencie à prevenção”. A ideia é que os pequenos participem da oficina junto aos pais ou responsáveis e levem as camisas para casa.

Para a gerente de Marketing do Minas Shopping, Ana Paula Alkmim, incentivar a participação das crianças é uma forma de levar o assunto, de forma leve, para dentro de casa. “Outubro é também o mês das crianças, e os pequenos, cada vez mais curiosos e espertos, podem ajudar a conscientizar suas mães, avós, tias e irmãs”; afirma.

 

Emoção toma conta do desfile com pacientes do Mário Penna no Museu da Gerdau em alusão ao Outubro Rosa

A noite dessa quinta-feira, 6 de outubro, foi marcada com muita emoção no MM Museu – Museu das Minas e do Metal. A ação que fez parte da programação do Outubro Rosa da instituição, contou com o desfile de moda “Lapidando as pedras, influenciando as flores”, que teve como modelo do grupo Entrelaçadas – formado por pacientes que estão em tratamento do câncer de mama ou em processo de acompanhamento.

O conceito do desfile foi inspirado nas pedras preciosas do Museu das Minas e dos Metais, ao associar o tratamento do câncer com a lapidação (processo que pode transformar uma pedra bruta em uma preciosidade).  Com isso, foi feito uma alusão a essas mulheres grandiosas, fortes, empoderadas, guerreiras, batalhadoras e que são exemplos de superação.

“Foi mais do que especial participar desse desfile. Há um ano, eu não estava andando e estar aqui hoje em pé e bem, é motivo de vitória e muita comemoração. Só tenho que agradecer ao Instituto Mário Penna por acreditar e nos incentivar sempre com tanto carinho e cuidado”; fala emocionada a paciente oncológico Maria Auxiliadora Castro Silva Rojas.

A apresentação da cerimônia ficou por conta da Ângela Dariva e do intérprete em libras Lucas Gabriel.

“Eu estou muito emocionada e queria agradecer a oportunidade de estar aqui, conhecendo essas mulheres maravilhosas. Estou me sentindo em uma montanha russa de emoções, sem palavras para descrever o que estou vivendo aqui nesse museu todo cor de rosa. Está tudo lindo e impecável”; disse Ângela Dariva.

Quem também participou, desfilou e ainda deu um lindo depoimento sobre o câncer de mama na família foi uma das influenciadoras da campanha do Mário Penna Clara Senra, que é chef, jornalista, colunista gastronômica, apresentadora de programa de TV e influenciadora digital.

Todo o desfile foi produzido pela stylist Maitê Oliveira e equipe. As roupas foram emprestadas pelas marcas Vivaz, Uh premium, Cora vestidos, Jez e Patrodonagem. A maquiagem e o cabelo das “modelos” ficaram por conta da Indya/equipe e Diego Rodrigues e os acessórios, por Claudia Marisguia.

“É muito gratificante ver as pacientes entrando na passarela sentindo-se lindas e com tanta alegria. Eu até falei com elas antes de entrar no palco que a gente tem que agradecer todos os dias porque essa oportunidade de estar aqui com tanta gente legal apoiando é única. Estou muito feliz em fazer parte desse desfile e só tenho que agradecer por me darem esse presente de conduzir o desfile”; contou Maitê Oliveira.

Para finalizar, ao som da cantora Chris Canta, do pianista Simeel Lopes e percussionista Werner Silveira, garçons entraram no salão do desfile servindo vinhos doados pela marca Destemidos e bombons Momo de morango na cor rosa, em homenagem também ao Outubro Rosa.

“Agradeço a todos que se dedicaram e fizeram algo para que este evento tão lindo e especial acontecesse como foi. Deixo aqui o meu convite para conhecerem a campanha do Outubro Rosa do Instituto Mário Penna em nossas redes sociais e nos ajude a influenciar pessoas sobre a importância do câncer de mama”; ressalta Marco Antônio Viana Leite, Diretor-Presidente do Instituto Mário Penna.

Outubro Rosa do Instituto Mário Penna chega com apelo para a influência na divulgação da prevenção do câncer de mama

A Campanha Outubro Rosa do Instituto Mário Penna deste ano tem como tema “Influencie pessoas”. Quando falamos em “influenciar” isso é válido para todas as pessoas, empresas e, também, órgãos públicos. O objetivo da campanha do Mário Penna deste ano é levar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce ao máximo de mulheres. E isso todo mundo pode fazer e contribuir do seu jeito, influenciando com conversas, mensagens, ligações e apelos nas redes sociais aos amigos, familiares e todos que queremos que fiquem longe dessa doença.

E por que não fazer isso com uma causa tão importante que é a prevenção do câncer de mama? Pensando nisso, alguns influenciadores abraçaram a campanha e se juntaram ao Mário Penna para disseminar o Outubro Rosa. Inicialmente, estão confirmados nomes de peso como Djonga (rapper, escritor e compositor), Clara Senra (chef, jornalista, colunista gastronômica, apresentadora de programa de TV e influenciadora digital), Fernanda Takai (cantora e compositora), dentre outros nomes que ainda estão sendo escalados.

Segundo Dra. Kerstin Kapp, mastologista do Instituto Mário Penna, a mamografia deve ser realizada anualmente por mulheres na faixa etária indicada pelo Ministério da Saúde, Sociedade Brasileira de Mastologia e Sociedade Brasileira de Radiologia, com a finalidade de possibilitar o diagnóstico da doença em sua fase mais inicial. “A mamografia periódica em mulheres sem sintomas aumenta o número de diagnósticos iniciais e, com isso, reduz o número de mortes causadas pela doença. Estudos robustos realizados na Europa e nos Estados Unidos consolidaram a indicação da mamografia periódica para redução da mortalidade pelo câncer de mama em até 40%. O tamanho do tumor está diretamente relacionado ao prognóstico. Quanto menor o tumor, menor a chance das células terem saído da mama em direção ao restante do corpo humano, quando se instalam as chamadas metástases, responsáveis pela mortalidade pela doença”; explica.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o diagnóstico precoce do câncer de mama significa chance de cura de 95%. A doença é a primeira causa de morte por câncer na população feminina em todas as regiões do Brasil, exceto na região Norte, onde o câncer do colo do útero ocupa essa posição.

Os principais sinais do câncer de mama que podem ser percebidos pela mulher são nódulos na mama e/ou na axila, principalmente se forem unilaterais e indolores; alteração nos mamilos (retração, vermelhidão e descamação), se for unilateral; saída espontânea de secreção pelo mamilo, se for unilateral, clara como água ou sanguinolenta.

É preciso atenção aos fatores de risco hereditário como histórico de câncer de mama e de ovário em parentes de 1º grau (mãe, irmã ou filha), sobretudo quando em idade jovem, assim como câncer de mama em homem parente consanguíneo. Mulheres com perfil de risco hereditário devem iniciar o rastreamento mais cedo e através de estratégias específicas.

Medidas relacionadas à hábitos de vida podem diminuir o risco para câncer de mama, ajudando na prevenção: prática regular de atividade física; alimentação saudável e equilibrada; manter o peso corporal adequado; não fumar; e evitar o excesso de bebidas alcoólicas.

Números do Instituto Mário Penna – No último ano, a instituição realizou 11.882 procedimentos de mama, 10.892 mamografias, 4.911 consultas ambulatoriais realizadas pela equipe de mastologia e 792 cirurgias da especialidade.

2 mil mamografias gratuitas

O Outubro Rosa do Instituto Mário Penna preparou uma campanha bem especial, assim como acontece todos anos. Por isso, a instituição, em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte, está oferecendo 2 mil mamografias gratuitas durante todo o mês de outubro.

Os exames poderão ser realizados por mulheres que tenham idades entre 50 e 69 anos, e que não tenham realizado a mamografia no último ano. O agendamento pode ser feito pelo telefone 3349-1212, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h; e aos sábados, das 7h às 18h.

As colaboradoras da instituição que também pertencem a essa faixa etária e atendem aos critérios poderão realizar o exame também pelo Plano da Unimed, sem a cobrança da coparticipação. As interessadas devem informar ao gestor, que providenciará a marcação.

Em 2020, foram realizadas 8.264 mamografias no Mário Penna, em 2021 foram 10.892 e queremos que esse número tenha um aumento significativo em 2022.

 

 

 

 

Em apoio ao Outubro Rosa, Atlético e Cruzeiro se unem em campanha com lançamento no Instituto Mário Penna de camisa especial

Em homenagem ao Outubro Rosa, campanha pela conscientização da prevenção do câncer de mama, o Atlético e o Cruzeiro se uniram em apoio à causa. Os times realizaram o lançamento de suas camisas comemorativas nesta sexta-feira, dia 30 de setembro, no Instituto Mário Penna.

No caso do Atlético, a tonalidade já foi utilizada em camisas de treinamento no início da década passada. Já o Cruzeiro adotará a tonalidade pela primeira vez em sua história. Os dois times não informaram as datas, mas confirmaram que os jogadores entrarão em campo com as camisas durante o mês de outubro.

“É uma honra ter esse lançamento aqui no Mário Penna, promover o encontro e a união dos dois maiores clubes e maiores torcidas de Minas Gerais. Esta é uma ação muito importante para o combate e a prevenção do câncer de mama. Hoje somos referência no tratamento oncológico em Minas Gerais, atendendo pacientes de mais de 600 municípios mineiros. No último ano, realizamos 11.882 procedimentos de mama, 10.892 mamografias, 4.911 consultas ambulatoriais realizadas pela equipe de mastologia e 792 cirurgias da especialidade. Queremos aumentar esses números para levar adiante a nossa principal missão há mais de 51 anos, que é salvar vidas”; reforça Marco Antônio Viana Leite, Diretor-Presidente do Instituto Mário Penna.

Mariana Estrela, Gerente Administrativo do Instituto Galo, esteve presente representando o time alvinegro e ressaltou a ação. “O importante neste momento é reforçar a relevância da campanha, que é a prevenção do câncer de mama. O Atlético e o Cruzeiro se uniram em prol de uma grande causa e temos muito orgulho disso. Vamos ter outras ações do Instituto Galo com o Mário Penna e estamos à disposição para ajudar e levar a mensagem da importância da prevenção”.

André Luiz Araújo, Head de Marketing e Inovação do Cruzeiro, reforçou que em um momento tão especial, a rivalidade ficou de fora. “Não é porque existe uma disputa fora de campo que a gente não deva se unir quando o assunto é prevenção e ajudar pessoas. Estamos aqui hoje junto com o Atlético para reforçar a importância da prevenção do câncer de mama. Começar as nossas ações do Outubro Rosa com parceiros que se preocupam com a saúde, faz toda a diferença para a gente. No decorrer do mês, vamos disseminar ainda mais a importância dessa causa. Queremos ajudar também a salvar vidas, assim como o Mário Penna”.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o diagnóstico precoce do câncer de mama significa chance de cura de 95%. Os principais sinais do câncer de mama que podem ser percebidos pela mulher são nódulos na mama e/ou na axila, principalmente se forem unilaterais e indolores; alteração nos mamilos (retração, vermelhidão e descamação), se for unilateral; saída espontânea de secreção pelo mamilo, se for unilateral, clara como água ou sanguinolenta.

É preciso atenção aos fatores de risco hereditário como histórico de câncer de mama e de ovário em parentes de 1º grau (mãe, irmã ou filha), sobretudo quando em idade jovem, assim como câncer de mama em homem parente consanguíneo. Mulheres com perfil de risco hereditário devem iniciar o rastreamento mais cedo e através de estratégias específicas.

2 mil mamografias gratuitas

O Outubro Rosa do Instituto Mário Penna deste ano tem como tema “Influencie pessoas”. Quando falamos em “influenciar” isso é válido para todas as pessoas, empresas e, também, órgãos públicos. O objetivo é levar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce ao máximo de mulheres. Por isso, a instituição, em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte, está oferecendo 2 mil mamografias gratuitas durante todo o mês de outubro.

Os exames poderão ser realizados por mulheres que tenham idades entre 50 e 69 anos, e que não tenham realizado a mamografia no último ano. O agendamento pode ser feito pelo telefone 3349-1212, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h; e aos sábados, das 7h às 18h.

As colaboradoras da instituição que também pertencem a essa faixa etária e atendem aos critérios poderão realizar o exame também pelo Plano da Unimed, sem a cobrança da coparticipação. As interessadas devem informar ao gestor, que providenciará a marcação.

Em 2020, foram realizadas 8.264 mamografias no Mário Penna, em 2021 foram 10.892 e queremos que esse número tenha um aumento significativo em 2022.

 

 

Instituto Mário Penna reabre Medicina Nuclear com serviço próprio para pacientes do SUS e da Saúde Suplementar

O Instituto Mário Penna sai, mais uma vez na frente, quando o assunto é o desenvolvimento tecnológico para proporcionar melhorias aos pacientes que atende. Desde a última semana, o Hospital Luxemburgo (uma das unidades da instituição) reinaugurou o serviço de Medicina Nuclear, passando a contar com um setor próprio, oferecendo exames diferenciados, com tecnologia de ponta, aparelhos modernos e que são encontrados em poucos hospitais e clínicas de Minas Gerais. É importante ressaltar que o departamento atende pacientes do SUS e, também, da Saúde Suplementar, conseguindo ofertar atendimentos a um número maior de pessoas, já que os exames realizados são bem específicos.

Esse é mais um compromisso firmado com êxito e apoio junto à Secretaria Municipal de Saúde. “Antes de tudo, é necessário reconhecer que o Hospital Luxemburgo é uma referência no tratamento oncológico no município e no estado de Minas Gerais. O período em que o serviço de Medicina Nuclear não foi oferecido pela instituição, resultou em represamento dos atendimentos dos pacientes que necessitavam desta terapia, gerando preocupação aos gestores municipais e nos demais atores que prezam pela saúde dos usuários do SUS. Graças à tenacidade da diretoria da instituição, que envidou todos os esforços para reativação do serviço e sua parceria incondicional com a Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte, foi possível a reabertura do serviço que atende pacientes do município e de centenas de municípios menores que têm pactuação com a capital para este tipo de atendimento. Isso traz tranquilidade e segurança aos usuários do SUS, garantindo novamente àqueles que necessitam destas terapias a integralidade da assistência oncológica digna e resolutiva; ressalta Christine Ferretti Santiago, Diretoria de Regulação de Média e Alta Complexidade em Saúde de Belo Horizonte.

A coordenação da Medicina Nuclear é do experiente Dr. Adelanir Antônio Barroso, que tem todo o suporte de uma competente e especializada equipe preparada e certificada para atuar nessa área.

Ele explica que a Medicina Nuclear para ter o funcionamento permitido pelos órgãos competentes, exige que se tenha na equipe um médico nuclear enquanto houver atividade no setor. “Nós temos dois médicos nucleares (eu e a Dra. Marta de Oliveira Resende), dois supervisores de proteção radiológica na área de medicina nuclear, dois responsáveis técnicos (um titular e um reserva), uma biomédica, uma técnica de enfermagem e uma supervisora de enfermagem especializada na área. Contamos ainda com três físicos médicos”.

Segundo Dr. José Mourão Neto, Diretor Técnico Assistencial do Instituto Mário Penna, a Medicina Nuclear engloba o atendimento não só dos pacientes oncológicos, mas de diversas especialidades. Segundo o médico, o setor tem alguns diferenciais relevantes, sendo alguns deles:

  • Gama Câmara, onde são realizados exames de cintilografia (pulmonar, cardíaca, óssea etc.). Ela serve para a investigações de doenças diversas, além do câncer.
  • PET-CT: Um dos aparelhos mais modernos para o diagnóstico do câncer e pouco encontrado em Minas Gerais, adquirido pela instituição através do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON), subsidiado pelo Governo Federal, com o apoio de empresas privadas parceiras. Essa tecnologia não invasiva proporciona imagens de precisão e uma análise minuciosa do corpo humano que contribui para a detecção de doenças como o câncer, contribuindo para o diagnóstico precoce e para o planejamento de um tratamento mais eficiente. Dentro deste mesmo aparelho existe o PET Scan, que é um exame de diagnóstico por imagem que quando realizado em conjunto é muito eficiente na detecção de cânceres, doenças do coração e problemas neurológicos.
  • Radioiodoterapia: é uma terapia para o tratamento de doenças. Consiste no uso do iodo, que é um átomo emissor de partículas beta para o tratamento de tumores da glândula tireoide e suas metástases. Temos um quarto terapêutico destinado, exclusivamente, para atender pacientes que fazem esse procedimento.
  • Radioisótopo: A terapia com radioisótopos, também conhecida como terapia molecular dirigida por radionuclídeo ou radioterapia molecular, envolve a utilização de um composto de droga radioativa chamado radio fármaco, que busca e destrói as células cancerígenas. É uma terapia indicada para câncer de próstata e tumores neuroendócrinos (pâncreas, intestino, dentre outros).

“Tenho muita satisfação em trabalhar em uma instituição assistencial que atende os menos favorecidos pelo SUS e que está ampliando os seus horizontes para fazer um atendimento global envolvendo a saúde suplementar, assim como acontece nas melhores e mais conceituadas instituições de saúde de todo país. É um grande marco para o Instituto Mário Penna; conclui.

Para fazer o agendamento pela Saúde Suplementar, basta entrar em contato pelo 3349-1212.

Olá, como podemos ajudar?

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.