Aniversário Solidário, festa de amor

Aniversário Solidário

Ação do Instituto Mário Penna e da Pastoral da Saúde da Paróquia Nossa Senhora Mãe da Igreja, é exemplo de voluntariado e solidariedade para famílias.

Mobilização social e sensibilidade

No dia 8 de maio, a Paróquia Nossa Senhora Mãe da Igreja realizou quatro missas de Nossa Senhora Desatadora dos Nós. Nessas oportunidades, foram distribuídos panfletos aos milhares de fiéis sugerindo a ideia dos aniversários solidários com o fim de ajudar o Instituto Mário Penna, e assim seus pacientes. O Conselheiro da Associação Mário Penna, José Maurício Resende, e sua esposa, Bru, foram os idealizadores juntamente com toda a equipe da Pastoral da Saúde.

Para a alegria do Instituto, no dia 24 de junho, recebemos a visita de Maria Clara Nogueira que, impactada pelos panfletos da Pastoral escolheu como presente de aniversário doações de fraldas e água de coco que foram entregues ao setor de humanização da Instituição. Foram 110 caixinhas de água de coco e 606 unidades de fraldas.

Maria Clara conta que esta essência já estava presente nela desde a sua jovialidade, pois há 30 anos os seus pais foram exemplo de solidariedade pedindo na celebração das Bodas de Ouro como presente, doações para uma instituição carente de sua cidade, São Gonçalo do Prado. Maria Clara afirma que sentiu um chamado: “ao ver o panfleto, lembrei que meu aniversário estava próximo e assim o fiz, falei que não queria presente e foi um desapego, o maior presente que eu poderia ter recebido foram as doações. Espero poder influenciar outras pessoas”.

Outro exemplo que emocionou e mostrou que solidariedade não tem idade foi o do Lucas Prado Siqueira, 7 anos. No seu aniversário, brinquedo não teve vez, fraldas geriátricas foram seu pedido para o dia tão especial. Sua mãe, Sibele Fernanda Prado da Silva, contou que Lucas ficou encantado com a apresentação do Coral dos Laringectomizados do Instituto Mário Penna na Paróquia Nossa Senhora Mãe da Igreja e com a proximidade de seu aniversário, juntos decidiram pedir as doações para o Instituto. Foi uma festa para o Lucas que ficou bastante contente ao ver tudo o que recebeu. Sibele também ficou bem animada: “outras mães querem copiar” nos contou em depoimento.

Que estas famílias e fieis continuem sendo exemplo de solidariedade!

Arraiá Casa de Apoio Beatriz Ferraz

Humanização na Saúde

Em um bonito fim de tarde de terça-feira, 25 de junho, foi realizado o Arraiá para os pacientes hospedados na Casa de Apoio Beatriz Ferraz. A Casa, é uma unidade do Instituto Mário Penna e acolhe gratuitamente pacientes carentes com câncer do interior de Minas Gerais. Neste dia, recebeu uma festiva ação que encheu o terraço de bandeirolas, guloseimas e muita alegria. A celebração só foi possível devido a parceria entre o Instituto Mario Penna e o Colégio Loyola.

Voluntariado

Marina Mendes, aluna do 9º ano, participa das ações de Formação Humana e Cristã, junto aos pacientes do Instituto Mario Penna. Animada com ação afirma, “…o que mais gosto de vir para cá é porque é um refugio, a gente se contagia ao ver a alegria que eles têm quando chegamos aqui, e isso, acalma o coração”. Juntamente com os colegas, a adolescente se envolveu na arrecadação de recursos para a festa. Para isso, realizaram uma tarde de vendas de açaí com este fim. Além disso, diversos oratórios e outras ornamentações confeccionadas pelos alunos coloriam o Arraiá, com um toque de fé e tradição.

A quadrilha e personagens típicos também não podiam faltar. Gustavo Rodrigues e Cristina Antioga formavam o tradicional casal de noivos, em uma dança muito animada. Ambos colaboradores do Instituto Mário Penna tiveram sua união fictícia celebrada, com direito a padre, pais dos noivos, damas e padrinhos, também colegas de trabalho no dia a dia da Instituição.

Sonia Aparecida Santos Martins, paciente em tratamento de Câncer de Mama é de Ipoema, distrito de Itabira, e está na hospedada na Casa. Participou da celebração com um sorriso no rosto. Saboreando uma porção de canjica disse: “…aqui é muito bom e me ajuda muito no tratamento, me sinto muito feliz aqui”. Continua explicando que sua família em Itabira se sente segura quando ela está em Belo Horizonte em tratamento e hospedada na Casa de Apoio.

E assim, ao som de uma música contagiante e com muito ritmo, a Casa de Apoio Beatriz Ferraz se iluminou de alegria e diversão. O espaço foi ocupado por uma diversa comunidade, reunindo pacientes, colaboradores, doadores e familiares em uma celebração de amor, solidariedade e esperança para quem enfrenta a luta pela vida em um tratamento de saúde longe de casa.

 

Instituto Mário Penna recebe doação de cadeiras de rodas

O Instituto Mário Penna (IMP) recebeu na tarde do dia 18 de junho, 20 cadeiras de rodas doadas pela Caixa Econômica Federal por meio de uma decisão da Justiça Federal em uma audiência realizada há cerca de 15 dias. Na decisão ficou estabelecido, em comum acordo entre as partes, que a conciliação também deveria beneficiar a sociedade, sendo o Instituto Mário Penna a instituição escolhida.

A entrega da doação foi feita no auditório do Hospital Luxemburgo com a presença do Juiz do caso, Dr. Ricardo Rabelo, do gerente de logística da Caixa Econômica Federal, Jacyr Magri Júnior, do Consultor Jurídico da Caixa, Claudio Gonçalves Marques e dos advogados Jorge Moisés Júnior e Bernardo Graciano do escritório de advocacia Moisés & Freire, parceiros do Instituto Mário Penna.

Segundo o juiz, Dr. Ricardo Rabelo, a iniciativa beneficia a todos os envolvidos. “Eu sempre digo que conciliar é um momento em que as duas partes ganham. Mas porque não pensar em um terceiro a ganhar? Foi isso que fizemos e acho que temos muito para evoluir. Isso foi um embrião e podemos desenvolver outros projetos”, disse o juiz.

O presidente do Conselho de Administração do Instituto Mário Penna, Gilmar de Assis, concorda com a afirmação do Dr. Ricardo. “Eu quero canalizar os nossos aplausos para essa iniciativa. Inicia-se aqui hoje uma grande parceria em que esse judiciário federal, no seu trabalho de pacificar as relações litigiosas, o faz de uma maneira que valoriza ainda mais o sacerdócio da dignidade da pessoa; potencializa a cidadania, objetivos e fundamentos republicanos”, explica.
A entrega das doações também contou com a presença de um dos pacientes da Instituição e membro do Coral dos Laringectomizados do Instituto Mário Penna, Luiz Antônio Coelho de Oliveira, que entregou aos presentes um livro da história do Instituto Mário Penna juntamente com a Diretora de Humanização do Instituto, Maria Ângela Ferraz e do presidente da Assembleia Geral da Associação Mário Penna, Osmânio Pereira.

“Espaço Acolhimento” é inaugurado na Radioterapia

Com sessões de radioterapia diárias, pacientes em tratamento de câncer no Hospital Luxemburgo agora contam com um novo espaço humanizado onde podem aguardar com mais conforto até a hora do atendimento.
O local, que antes era inutilizado, foi criado pela Diretoria de Humanização do Instituto Mário Penna e reformado pela equipe da Manutenção. O “Espaço Acolhimento” tem mesa e cadeiras para os pacientes e acompanhantes que podem aproveitar o local para a prática de oficinas que são frequentemente realizadas por voluntários.
Nas paredes, a mensagem da equipe da Psicologia de que “A vitalidade é demonstrada não apenas pela persistência, mas pela capacidade de começar de novo”, além de lindos desenhos criados pelas arquitetas da instituição Camila Amaral e Fernanda Miranda. Para completar o espaço, uma TV que foi doada pela Pastoral da Saúde e plantinhas que enchem o espaço de esperança.
A enfermeira Supervisora da Radioterapia, Luciana Oliveira, também comemorou a inauguração do novo “cantinho”. “O espaço ficou lindo e com certeza será muito bem aproveitado pelos nossos pacientes. A rotina na radioterapia é bem cansativa, com sessões diárias, e eles ficam aqui por muito tempo. Agora nossos pacientes têm um espaço mais acolhedor.”
Logo após a inauguração, o espaço já recebeu sua primeira oficina “Fazendo a Cabeça”, promovida por alunos do curso de Fisioterapia da faculdade Pitágoras de Contagem. Além de aprender variadas amarrações dos lenços de cabeça, as mulheres que participaram da oficina também foram maquiadas. “Venho aqui todos os dias e gostei muito desse novo espaço e da maquiagem. Ótimo para passar o tempo e conversar mais tranquila com outros pacientes”, contou a paciente Vanderleia Avelar da Cruz.

Paciente envia carta em agradecimento aos colaboradores

Por 27 anos, a senhora Maria Eliete Libânio, atuou como Técnica de Enfermagem em uma unidade de urgência e emergência. Ao descobrir um câncer de mama e saber que teria que passar por uma cirurgia de mastectomia, seu único medo foi de não ser bem acolhida pelos profissionais da saúde, já que durante sua trajetória profissional presenciou, por diversas vezes, atitudes erradas praticadas pelos colegas de trabalho.

“Devido a minha vivência, o meu maior medo era ser tratada com indiferença, era ser paciente, eu temia a dor e o descaso, ainda que sutil. No entanto, neste hospital eu presenciei uma situação totalmente diferente e gratificante. Só me resta dizer, que neste momento de dor, Deus tem cuidado de mim e me mostrou que na Enfermagem, também como todas as outras profissões, tem profissionais competentes e humanos.”

Maria Eliete foi operada no dia 28 de junho e para agradecer todo o cuidado recebido e o apoio dado à sua filha, que viveu momentos angustiantes, encaminhou à Diretoria de Humanização e a Coordenação da Equipe de Enfermagem uma carta direcionada aos funcionários do Hospital Luxemburgo.

 

“Em todo o momento que permaneci dentro do hospital, eu fui bem cuidada desde a portaria, no momento que esperava para entrar para o Bloco Cirúrgico, que profissionais maravilhosos e dedicados, com palavras de conforto e paz.

No dado momento em que fui chamado para a cirurgia, que tranquilidade dos profissionais do Bloco ao me receberem. O anestesista Dr.Lucas e todos os demais, OBRIGADO, e me perdoem por não lembrar o nome de todos.

Lembro-me que uma das profissionais pediu para que eu fosse para a sala caminhando e eu fui. Neste momento alguém disse: “Olha que lindo ela na passarela”, isso me fez sentir feliz, ainda que com muito medo. Lembro-me também de ter falado com a Dra. Kristen que minha filha não tinha tido tempo de chegar e me ver entrar no bloco, portanto, eu queria sair dali e ver minha filha.

E depois no quarto, que cuidado da equipe do plantão noturno do dia 28, e no dia seguinte, em especial, a Alessandra, meu pai que dedicação e atenção comigo. Eu não sei se esta minha atitude de escrever e agradecer pode mudar algo para os funcionários, mas preciso agradecer a todos do hospital.

Desejo que Deus cuide do sonho de cada um de vocês sempre, e que em um futuro muito distante, quando algum de vocês tiverem que ser pacientes, independente do motivo, que os profissionais que cuidarem de vocês sejam plenos de amor, dedicação e principalmente de respeito.”

Olá, como podemos ajudar?

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.