Somos únicos e isso faz com que exista grande diversidade de desfechos clínicos quando o assunto é o câncer. Cada pessoa pode apresentar uma resposta a um tratamento completamente diferente de outra, mas sempre existirá um padrão a ser observado quando consideramos um grupo de pacientes. Neste contexto, a oncologia tem caminhado a passos largos na direção de realizar tratamentos cada vez mais personalizados aos pacientes que estão na luta contra o câncer. Isso traz diagnósticos mais rápidos e assertivos e possibilita decisões clínicas mais precisas na determinação de estratégias de tratamento.

Atualmente, os médicos podem contar com o auxílio da inteligência artificial para apoiar as tomadas de decisões. Você sabe o que é inteligência artificial? São programas de computadores que buscam especificamente padrões, semelhanças entre o que está sendo observado em um determinado paciente e o que foi observado em outros pacientes já tratados anteriormente. Baseando-se em dados acumulados ao longo do tempo de centenas e, às vezes, milhares de outros pacientes com o mesmo problema, os programas conseguem comparar e, rapidamente, determinar previamente a condição do paciente, dando ao médico a oportunidade de tratar o caso de maneira mais eficiente e personalizada.

Os pesquisadores e médicos do Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP) aqui do Instituto Mário Penna estão atentos a essa perspectiva de inovação no tratamento do câncer e publicaram dois estudos que desenvolveram sistema usando inteligência artificial. Um dos estudos publicado na revista científica internacional, a Modern Pathology, Dr. Paulo Guilherme de Oliveira Salles, Diretor do NEP, desenvolveu um sistema de inteligência artificial para apoiar o médico patologista no diagnóstico do câncer de próstata. O outro, publicado na Journal Clinical Oncology, pela Dra. Letícia da Conceição Braga, coordenadora do Laboratório de Pesquisa Básica e Translacional, descreve um sistema de predição inteligente para avaliação do risco de recorrência e benefício ao tratamento quimioterápico em câncer de ovário.

“A grande vantagem do uso da inteligência artificial como ferramenta no combate ao câncer é a capacidade dos programas aprenderem com novos dados e se tornarem melhores a cada uso, bem como de conseguir lidar com um volume de dados enorme em um intervalo de tempo consideravelmente baixo” ; explica o pesquisador do Laboratório de Pesquisa Básica e Translacional do NEP, Dr. Fábio Ribeiro Queiroz.

Quer conhecer as publicações dos nossos pesquisadores? Acesse os links abaixo.

https://doi.org/10.4238/2015.October.28.13

https://ascopubs.org/doi/abs/10.1200/JCO.2020.38.15_suppl.e18075

 

*Texto escrito pelo Dr. Fábio Ribeiro Queiroz

Olá, como podemos ajudar?

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.