Após meses de atividades suspensas por conta do isolamento social, a rotina de muita gente vai sendo retomada aos poucos. Mas teve gente que precisou continuar trabalhando enquanto a maioria ficava em casa. Em homenagem a eles e a todos os outros que fazem a sua parte para conter a expansão da doença, o Sesc em Minas criou o Música e Aconchego, um respiro para quem está na linha de frente do combate ao vírus. Eles estiveram no Instituto Mário Penna no dia 15 de outubro, proporcionando um momento de reflexão e descontração aos colaboradores, pacientes e acompanhantes que estavam na portaria do PA SUS.

Um trio elétrico ficou parado bem de frente à entrada do Instituto. Lá de cima estavam três instrutores da Orquestra de Câmara Sesc – Ângelo Vasconcellos (violino), Priscila Varela (violoncelo) e Luciene França (piano). Os músicos tocaram composições de nomes como Bach, Beethoven, Mozart, entre outros.

“Quase me levou às lágrimas. A gente fica muito sensível durante o tratamento e uma música de qualidade como essa, nesse momento, nos faz flutuar. É muito bonito. Sou da cidade de Lagoa da Prata e estou aguardando meu transporte para voltar para casa. Esperar nunca foi tão bom. Estou muito emocionado com essa maravilha de música”; conta Osvaldo Cândido da Silva, paciente oncológico.

Este mês, o projeto abraça a Campanha Outubro Rosa do Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac, que alerta para a prevenção contra o câncer de mama e colo do útero.

Olá, como podemos ajudar?